CBMAE - Câmara Brasileiras de Mediação e Arbitragem Empresarial CACB - Confederação das Associações Comerciais do Brasil
Sebrae
Notícias

Associação Comercial de Santos vai inaugurar filial da CBMAE

08 de fevereiro de 2019

Numa parceria com a Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial (CBMAE), da CACB, a Associação Comercial de Santos (ACS) inaugurará, no próximo dia 14, uma unidade da CBMAE. A solenidade de abertura será realizada às 18 horas, e contará com a palestra da advogada e mediadora Silvia Brega. O tema será “Câmara de Mediação e Arbitragem: vantagens para os empresários”.

A proposta do serviço é que as empresas possam resolver problemas com fornecedores ou clientes sem a necessidade de entrarem com ações na Justiça, algo que costuma consumir tempo e dinheiro. Dentro da Câmara, que passa a funcionar na ACS, o objetivo é encontrar soluções para os conflitos de uma maneira mais eficaz, célere e sigilosa.

O presidente da Associação Comercial de Santos, Roberto Clemente Santini, destacou que a Câmara de Arbitragem será mais um serviço da ACS para a cidade, com foco em todos os setores da comunidade, como empresarial, comercial e até mesmo o cidadão na busca de seus direitos. “Foi um longo processo; com certeza, toda a sociedade será beneficiada. Essa iniciativa segue a linha de nossa Diretoria, que visa sempre a prestação de serviço aos associados e à população”.

De acordo com a advogada e consultora Marcella Bampi, as demandas extrajudiciais podem ser resolvidas rapidamente e com uma taxa de sucesso elevada, porque os métodos utilizados, que são a conciliação, a mediação e arbitragem, são adequados às necessidades das partes, e podem ser resolvidos em até uma reunião/sessão, no caso da conciliação e da mediação, ou com uma sentença arbitral, no caso da arbitragem. “O acordo é o melhor caminho, pois elimina a possibilidade de recursos que são bastante usuais nos processos judiciais.

O advogado e consultor Guilherme Giussani explica que há pré-requisitos para ser mediador da CBMAE ACS. “É necessário ter formação superior de pelo menos dois anos, capacitação e ter a confiança das partes envolvidas. A intenção é que a solução seja trabalhada de forma eficaz, imparcial e sigilosa”. Outra vantagem é a flexibilidade que a conciliação, a mediação e arbitragem permitem, possibilitando às partes litigantes moldarem o processo de comum acordo, escolhendo, por exemplo, prazos para que as etapas dos procedimentos sejam concluídas. “Já na Justiça não é possível conduzir o caso de maneira diferente daquela prevista na legislação competente”.

Palestra

Na palestra “Câmara de Mediação e Arbitragem: vantagens para os empresários”, Silvia Brega explicará como funciona o processo de conciliação, mediação e arbitragem, que são conhecidos como Métodos Extrajudiciais de Solução de Conflitos (MESCs) e serão utilizados pela CBMAE ACS.

Silvia, que é mediadora avançada certificada pelo ICFML-IMI (Instituto de Certificação e Formação de Mediadores Lusófonos – International Mediation Institute) e formada em Mediação de Conflitos pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo – FGV/S, conta que foi procurar técnicas para se especializar em mediação empresarial após clientes alertarem sobre sua forma de trabalho diferenciada.

“Sempre tive um perfil na advocacia que tendia para um acordo, para uma conciliação. Até que um dia me chamaram a atenção para esse meu dom e resolvi encontrar formas de aprimorar essa estratégia e ajudar as pessoas a perceberem o que elas podem ter de benefício com esse acordo”.

A Câmara de Arbitragem da ACS funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h,e das 14 às 18h, no edifício-sede da entidade, no Centro de Santos, na Rua XV de Novembro, 137. Os valores variam conforme o procedimento e o valor da demanda. Para os associados da ACS, há 30% de desconto sobre as taxas da Câmara, conforme tabela de custas disponível no portal da CBMAE (www.cbmae.org.br).

E-mail
Acompanhe a CBMAE
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube