CBMAE - Câmara Brasileiras de Mediação e Arbitragem Empresarial CACB - Confederação das Associações Comerciais do Brasil
Sebrae

Institucional

Conheça a CBMAE

CBMAE - Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial

A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) é a instituição empresarial mais antiga do país com quase 200 anos de existência e hoje possui mais de 2.300 Associações Comerciais e Empresariais (ACEs) em todo o País.

A entidade concentra sua força e influência em questões fundamentais para o empresariado brasileiro, como o desenvolvimento de serviços e ações de apoio ao aumento da competitividade empresarial e a criação de um ambiente favorável à atividade empreendedora no País.

Há mais de 20 anos a CACB vem se empenhando na disseminação dos Métodos Extrajudiciais de Solução de Conflitos (MESCs), objetivando a mudança de cultura do tratamento e das relações de conflitos empresariais. Diante disso, criou em 19 de agosto de 1996, a Corte Brasileira de Arbitragem Comercial (CBAC), hoje denominada Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial (CBMAE).

A CBMAE é uma das precursoras na disseminação dos MESCs no Brasil. É o Órgão operacional da CACB que tem um papel importante na difusão e no compromisso para o processo de mudança da cultura do litígio para a da pacificação e para o aperfeiçoamento constante dos processos de prevenção e gestão de resolução de conflitos empresariais, provocando um ambiente favorável à negociação, de maneira colaborativa e sustentável. Os MESCs são procedimentos que visam à busca da melhor solução de conflitos de maneira rápida, sigilosa e segura, na qual as partes se envolvem na construção da decisão.

A CBMAE trabalha com a conciliação, mediação e arbitragem. Atua em duas frentes de prestação de serviço, a abertura e suporte de câmaras de mediação e arbitragem e de Postos Avançados de Conciliação Extraprocessual (PACEs) e no desenvolvimento de produtos e serviços que auxiliam na informação e capacitação de empresas e do público em geral. Atua, também, junto aos poderes públicos e organismos nacionais e internacionais na proposição de medidas que tenham por escopo o incentivo à disseminação dos MESCs.

Missão

A CBMAE está comprometida em contribuir na construção de relações mais harmônicas entre empresas e sociedade civil, difundindo e incentivando a adoção dos Métodos Extrajudiciais de Solução de Conflitos, compartilhando experiências e multiplicando os resultados obtidos.

Visão

As empresas, assim como as pessoas em geral, como agentes operadores da mudança, buscarão no diálogo o princípio básico para solução das suas diferenças, quer sejam elas de ordem moral, material ou comercial.

Valores

A atuação da CBMAE estará alinhada e será pautada pelos seguintes princípios:

  • Ética;
  • Transparência;
  • Responsabilidade empresarial e social;
  • Justiça;
  • Imparcialidade;
  • Igualdade de direitos;
  • Confiança;
  • Respeito;
  • Valorização do capital humano;
  • Sustentabilidade;
  • Inovação e criatividade.

As Câmaras

As câmaras de conciliação, mediação e arbitragem não possuem fins lucrativos e têm como objetivo proporcionar a solução extrajudicial de litígios. As câmaras da rede CBMAE encontram-se instaladas em associações comerciais e empresariais, atuam prioritariamente em prol do desenvolvimento do ambiente de negócios para as empresas. Cada câmara possui uma lista de especialistas que podem atuar nos procedimentos.

A rede CBMAE está em praticamente todo o território brasileiro e preza pela melhor prestação de serviços aos seus usuários. Utiliza a capilaridade das Associações Comerciais para se aproximar dos empresários. Todas as câmaras dão tratamento rápido de conflitos, operam com baixos custos e primam pelo profissionalismo e acurácia técnica.

A rede é coordenada pela CBMAE que dá suporte e prima pela qualidade do serviço. Para encontrar a câmara mais perto, consulte a lista de unidades de atendimento em nosso portal.

Os PACEs

O Posto Avançado de Conciliação Extraprocessual (PACE) é o resultado de uma parceria público-privado, legitimada através de um convênio de cooperação técnica firmado entre o Tribunal de Justiça do Estado, a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), as Federações e as Associações Comerciais e Empresariais (ACEs) do Sistema CACB.

O ambiente de atuação dos PACEs é pré-processual, ou seja, relativo às controvérsias que ainda não foram judicializadas, porém, os acordos celebrados são homologados pelo Judiciário, passando a ter força de título executivo judicial. Podem ser solucionados conflitos alusivos a questões cíveis que versam sobre direitos patrimoniais disponíveis (dívidas bancárias e com agentes de concessão de crédito, renegociações de dívidas, cobrança de inadimplente, recuperação de crédito, contratos, etc.).

A rede de PACEs é coordenada pela CBMAE que auxilia as associações comerciais a firmar o convênio com o tribunal e acompanha sua operação. Para encontrar o posto mais perto, consulte a lista de unidades de atendimento em nosso portal.